Clube de Regatas do Flamengo – PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DE FLORES

Episódio 19
PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DE FLORES
ou: Quem Sabe Faz A Hora, Não Espera Acontecer.
De repente, não mais que de repente, surgiram, no início do período eleitoral de 2012 do CRF, capitaneado pela Eminência Parda, alguns neófitos em CRF se intitulando como sendo os “Donos da Verdade” e, através do “Óbvio Ululante”, criticavam as “mazelas dos últimos maus gestores”; como se ninguém soubesse de nada e, através de um discurso utópico, conseguiram vender aos associados o seu “Ouro de Tolo”, ao afirmar que apenas eles seriam os imáculos e que com eles também estariam os “Salvadores da Pátria”. Ledo engano!!!
A primeira grave distorção desta falácia, se fez manifestar logo nos primeiros minutos daquela disputa eleitoral de 2012, quando estes falsos “Messias”, que seriam os tais “Salvadores da Pátria”, sem conhecerem os parâmetros básicos maiores do CRF, apresentaram um pseudo Candidato à Presidência do CRF que, por mais de 10 anos estava inadimplente com o CRF(SIM, ISSO MESMO! NÃO PAGAVA O CLUBE QUE DESEJA(VA) SER PRESIDENTE), mas que agora tentava, de forma fraudulenta, retornar ao Quadro Associativo do CRF para alçar o primeiro voo como “Bom Gestor”; o que, tal qual como Ícaro, com suas “Asas de Cera” artificiais, fracassou logo na decolagem, pois não resistiu ao inicial calor da disputa.
Ato contínuo, os tais “Messias”, que seriam os tais “Salvadores da Pátria”, buscaram encontrar “novos aliados” junto aos últimos maus gestores, aos quais “criticavam pelas mazelas”, para que eles lhes pudessem dar a sustentação e os conhecimentos sobre o CRF, necessários para poder alcançar o seu “primeiro objetivo”, que era o de “conquistar os poderes” no CRF.
Sem quaisquer “escrúpulos de consciência” fizeram, de imediato, alianças sutis, com alguns daqueles últimos maus gestores– os mesmos que foram o mote de sua campanha – e neles buscaram nomes para suprirem seus quadros de futuros gestores do CRF.
Pregaram retidão e obediência às normas maiores do CRF; mas o primeiro ato administrativo desta agora gestão azul foi nomear, com desobediência cívica e desvio da letra estatutária, vários associados como vice-presidentes que não atendiam as exigidas condições temporais básicas para tal; tudo feito de forma monocrática e autoritária, rasgando a letra estatutária doCRF em plena luz solar, e logo no primeiro ato administrativo desta gestão azul. Não têm a menor noção de que “O que faz andar o barco não é a vela enfunada, mas o vento que não se vê” (Platão – 387 a.c.). Urge que todos os gestores do CRF honrem a sua letra estatutária, no seu lato sensu; mas, como neófitos em CRF, eles não conheciam, e ainda não conhecem, as normas maiores do CRF; por isso fizeram, de forma simplista, seu “Juízo de Valor” individual sobre elas; com isto, o primeiro ato administrativo desta agora gestão azul foi praticar uma “Infração Disciplinar” gravíssima que, sob a ótica deles, parecia ser apenas um detalhe simples e inútil; mas tudo foi abafado; ficou o dito, pelo não dito.
Ocorreu que, quando o atual “candidato substituto que foi eleito”, o qual não era “persona” do “Núcleo Duro” “capitaneado” pela Eminência Parda, não permaneceu obediente e subserviente à vontade do “maioral”, eis que surge uma “surda rebelião interna azulada”, de vários semitons e degradés, que provocou uma forte cisão dentre os tais “Messias”, que seriam os “Salvadores da Pátria”, e que motivou a saída de alguns vice-presidentes nomeados do Corpo Diretor, dentre alguns que são “personas” do “Núcleo Duro”; tudo feito bem no estilo de “às favas, senhor presidente, neste momento, todos os escrúpulos de consciência”, que só fez provocar desequilíbrio nesta atual gestão azul do CRF, já tão desbotada.
Ou seja, para a “Eminência Parda”, a norma maior é: Primeiro Eu; depois as coisas e os interesses ao CRF.
Esta forte cisão, causada pela “surda rebelião interna azulada” do grupo rebelde, que mais uma vez se fez “travestir de oposição”, agora a atual gestão azul, aquela que eles mesmos inventaram; ou seja, seria um “azul desbotado”, do tipo “Lobo em Pele de Cordeiro”. Este grupo “azul desbotado” passou então a gerar um novo “discurso utópico de oposicionista” para poderem, outra vez, voltar a tentar, aos associados, vender o seu “Ouro de Tolo”; tal qual fizeram em 2012. Estes rebeldes dissidentes, os “azuis desbotados” para chegarem outra vez ao poder, estão voltando nesta próxima eleição de 2015, com a ajuda da sua boa, e competente, “Engenharia Social” (muito usada para manipular as ambições, os pecados e as fraquezas das pessoas), por outra porta, sempre “travestido de oposição”, para capitanearem uma nova disputa contra a “POSIÇÃO”; só que agora contra a mesma gestão azul, que eles mesmos criaram, para tentarem, também outra vez, vender aos associados o mesmo “Ouro de Tolo” de 2012.
Se eles, “azul desbotado” (seguidores da “Eminência Parda”), conseguirem o intento de, outra vez, capitanearem a oposição – o que só ocorrerá se houver incompreensão e vaidades dosautênticos grupos de OPOSIÇÃO, os quais eles tentaram aniquilar -, certamente que poderão alcançar os “seus objetivos”; pois eles conhecem, e bem o DNA de todas as táticas eleitoreiras daqueles azuis da POSIÇÃO”; e, fora de qualquer dúvida, estes “azuis desbotados” irão levar de barbada este próximo pleito eleitoral caso os verdadeiros e autênticos grupos de OPOSIÇÃO prossigam com esta insana disputa de se autoflagelar e praticar este canibalismo grupal com autofagia.
Éh!!!!… Como já afirmara Platão: – “Os homens não desejam aquilo que fazem, mas os objetivos que os levam a fazer aquilo que fazem”.
E quais são estes tais “objetivos que os levam a fazer aquilo que fazem”?
Seriam 03 (três) os objetivos destes “azuis desbotados”, seguidores da “Eminência Parda”:
– O Primeiro destes objetivos, seria de ter a hegemonia dentro dos poderes do CRF. Este objetivo já estava com meio caminho andado, se não fossem algumas “dificuldades” e descaminhos provocados por alguns dos tais “novos aliados”, aqueles “últimos maus gestores” a quem “criticavam pelas mazelas”, e que até já poderia estar sendo considerado por eles como estando consagrado;
– O Segundo dos objetivos seria provocar a ruptura abrupta com a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (FFERJ); o que também já está iniciada e com meio do caminho andado; para depois então aplicarem a mesma tática que foi adotada no CRF, que é a de criticarem as “mazelas dos últimos gestores”, como se ninguém soubesse fazer nada direito, e propalar isto como se eles fossem os “Donos da Verdade” e se apresentariam como sendo os “Messias” que também seriam os “Salvadores do Futebol do Rio de Janeiro”; como fizeram no CRF. Este caminho eles já começaram a trilhar, mas, como aconteceu de o Bandeira ter esmorecido um pouco e no que a “Eminência Parda” não concordou e nem aceitou ele ter esmorecido. Esta divergência, entre titãs, foi à pedra angular que provocou a ruptura dentre os gestores desta gestão azul.
Ou seja, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (FFERJ) agora que se cuide, pois caso estes “azuis desbotados”, seguidores da “Eminência Parda”, venham a vencer esta próxima eleição no CRF, eles, com certeza, irão avançar para lá (na FFERJ); e olha que eles têm parciais chances de vitória, caso os verdadeiros e autênticos grupos de OPOSIÇÃO do CRF, prossigam nesta insana disputa de se autoflagelar e praticar este canibalismo grupal com autofagia.
– O Terceiro, principal e derradeiro objetivo dos “capitaneados” pela “Eminência Parda” do CRF, será o de, após conseguirem se infiltrar na FFERJ, partirem para disputar o mando naCBF; o que, além de dar projeção nacional e mundial à “Eminência Parda” iria, também, projetar as “personas” do seu “Núcleo Duro”.
Isto porque, a grandiosidade do CRF é o trampolim ideal para este magistral e bem estruturado voo de longo curso da ”Eminência Parda do CRF,
Como, o Tempo é o Senhor da Razão, quem viver verá; e como,
Quem Sabe Faz A Hora, Não Espera Acontecer,
é que estamos fazendo este ALERTA aos associados do CRF, apenas,
PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DE FLORES
O Alerta apenas apresenta os fatos; e contra fatos não há argumentos!
O Alerta busca dar transparência aos fatos.
Siga a Rede do Alerta – Clique aqui
Somos Todos Flamengo Central de Comunicação
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s